Qui, 01 de Dezembro de 2011

Babá Pecê se manifesta sobre a Lei do Abate

painho

 Estão desrespeitando a liberdade de culto.

Em entrevista concedida ao Jornal "A Gaxéta", o Babalorixá Pecê de Oxumarê, responsável pela Casa de Oxumarê – Salvador, BA, sobre a PL992/11 – a polêmica Lei do Abate, do Deputado Estadual de São Paulo Feliciano Filho (PV), afirmou emocionada e categoricamente:

"Trata-se sem dúvida, de um ato preconceituoso e discriminatório do Poder Legislativo do Estado de São Paulo. Fico envergonhado e surpreso em saber que São Paulo, que se diz a maior potência financeira, e o Estado com maior índice de desenvolvimento da Federação, dê esse tipo de exemplo de exclusão e preconceito."

Babá Pecê contesta veementemente, e completa: "A Bahia já está se mobilizando contra o Projeto de Lei Paulista, em instâncias federais. Um conselheiro da Casa de Oxumarê que pertence ao Conselho Nacional de Direitos Humanos, já entrou com uma ação em Brasília, sobre a Lei do Abate em São Paulo."

Continuando, o respeitado sacerdote expressou: "Discordo plenamente, não só sobre a questão do preconceito, como também, a questão litúrgica e do Fundamento do Axé. O Culto de Orixá respeita a Natureza, pois depende integralmente dela. Todo o abate é previamente consultado à Ifá, se pode ou não ser realizado o sacrifício. Antes de se iniciar qualquer cerimônia com animais, rezamos à Olodunmare – Babá Orun – Senhor do Céu, pedindo permissão e perdão pela oferenda que vai ser preparada, por ceifar uma vida que Ele criou".

"Estes sacrifícios são sempre voltados às boas energias. Ao progresso, à prosperidade e à paz. Não existem sacrifícios para as más energias. As más energias vêm do homem. Vêm da mente humana e não dos sacrifícios de Axé. O real sofrimento de animais, vêm dos frigoríficos que os imolam com extrema brutalidade," afirma Pai Pecê.

Entrevista realizada em 01.12.11

comentários 

 
0 #16 Mári Moreira 02-02-2012 16:34
Motumbá! Parabéns pela sua defesa á nossa respeitada religião, eu leigamnete e iniciante na religião concordo com o senhor, pois sacrifício é o que acontece nos frigorificos, transmitindo ao alimento ódio, raiva, resentimentos e a fuga de muitos matadores em cima daquele animal afetando assim, de energias podres o nosso alimento. E pior nos transmitindo essa energa. Enfim o que falar do ser humano!!!! Motumbá.
Citar
 
 
+1 #15 Léia de osumarê 10-01-2012 10:37
Motumbá Baba Pece, parabéns pela sua conotação e manifesto. A este total desrespeito a religião de matriz africana.
Mantemos que era feito há 6000 anos até hoje, mas não com uma ação diabólica como desejam nos impor, dentro de uma hipocrisia( comer a carne do açougue, sem ser rezada, e devidamente realizado o sacrifício dos animais que são colocados a mesa de todos é certo, já que é para acabar com maus tratos, e sacrifÍcios dos animaiszinhos, TODOS TEM QUE SE TORNAREM VEGETARIANOS).
. O que desejamos é somente poder expor que nossa Religião, a Religião dos Orixás, tem como objetivo religar o Homem a Deus através da manutenção de ritos tradicionalista s; através de uma hierarquia rígida mantida entre os seguidores e Iniciados; através da exigência de uma conduta honrada e moral, A prática do sacrifício animal remonta ao início das relações entre Deus e os homens (Gênesis 4,4) O Levítico 17,11 Holocausto (capítulo 1 e 6,1-6
ABAIXO O PRECONCEITO E A HIPOCRISIA
Citar
 
 
0 #14 Paulo R. Santos 09-12-2011 22:44
Mukuiú,
Parabéns ao Sr.Babá Pecê e a Casa de Oxumarê por mais essa de defesa em prol da comunidade do Povo do Candomblé de todo esse nosso Brasil.
Já chega de se referirem à nossa Religião como "seita",que no meu ver é para adoradores medievais.
Não aceitam nossa Religião nas Universidades de Teologia,por nossa Tradição ser Oral por não haver registros escritos e que por tradição é passada de Babalorixás e Yalorixás aos seus filhos ,e ainda não termos respaldo das Federações, que permitem postagens de fundamentos e Orôs nos sites de Internet confundindo ainda mais os leigos,e simpatizantes da nossa Religião!!!
Já está na hora de Zeladores de Santo,chamarem seus filhos e filhas de Santos as falas para estes tipos de postagens, para que se moralize e não se de motivo a tanta achincalhação .
Vamos nos unir, para garantirmos nossas tradições!
Axé, Axé, Axé!!!
Citar
 
 
0 #13 Rita de c. varjão 04-12-2011 15:32
Motumbá Baba ! Fico feliz pelo senhor ter levantado essa bandeira sabias são as suas palavras em nos defender>Que nossos zeladores tenham conciência e procurem antes de fazer o sacrificio consultar o Orixa para saber o que ele quer. Temos que nos movimentar mostrar a cara em defesa do nosso culto,temos que gritar para o mundo ouvir que nos existimos.!!!! abraçossssssss
Citar
 
 
0 #12 Ilé Asé Obà niê 03-12-2011 15:53
Eu concordo com pai Pecê,stá lei é preconciuosa e injustiça para nós candomblecistas ,é uma manir nova que elas estão amardo para nos peseguir,viva a liberdade religiosa.
Citar
 
 
0 #11 paulo cézar reis 02-12-2011 15:31
IMPRECIONANTE COMO A INTOLERANCIA AINDA TEM FORÇA. MAS TUDO ISSO PORQUE A NOSSA RELIGIAO ABRIU-SE POR DEMAIS.NA ÉPOCA EM QUE O RONCÔ ERA PORTAS FECHADAS E SÓ PARTICIPAVA INICIADOS OU PESSOAS PREPARADAS P/ MANTER-SE CALADAS ISSO NAO ACONTECERIA.MUITAS VEZES ESSE DEPUTADO JÁ PASSOU PELO CULTO AFRO E AGORA COM RAIVA ESTÁ SE REBELANDO.PC SOU DO AXÉ,E TORÇO QUE ISSO SEJA RESOLVIDO.AFINAL NOS NAO SOMOS NADA SEM NOSSA RELIGIAO!!!!
Citar
 
 
+1 #10 DIANDADYARE 02-12-2011 13:39
parabens...baba,,, e hora de levantarmos esta bandeira contra esta descriminacao ....religiosa .ase.. motumba ... e m abracao desde Barcelona
Citar
 
 
+1 #9 Ifakolade Obemo 02-12-2011 10:46
Quem realiza o ato do sacrifício “RITUALISTICO” é sempre um sacerdote (Isa), com vários anos de aprendizagem, 7 (sete) ANOS NO MINIMO, mais tempo que alguns cursos superiores reconhecido pelo MEC.

A carne dos sacrificios, é abençoada por Olodumare (DEUS) e os Orisas, e alimentam espiritualmente e fisicamente varias familias carentes.

O mal não existe em nossa amada Religião, como sabiamente disse Baba PC, e sim na mente dos seres Humanos e digo ainda mais, este mal fica alojado nos corações dos covardes que tentam de toda maneira expurgar do âmbito da historia e do Mundo, uma Religião repleta de Preceitos, cultura, fundamentos e Beleza Espiritual como a nossa.

AWO IFAKOLADE AGBOLE OBEMO
(Tradição Yoruba)

Ire gbogbo a todos.
Citar
 
 
0 #8 Danilo Serafim 02-12-2011 09:26
Concordo com Baba Pecê!!eles querem associar o sacrifício dentro do candomblé com maus tratos aos animais, algo totalmente equivocado e preconceituoso, precisamos nos mobilizar, nossos ritos são milenares, portanto devem ser preservados. Motumbá
Citar
 
 
0 #7 Nilsa/ DF 02-12-2011 09:08
Mutumbá baba,que Ogum o acompanhe e proteja sempre,
e que seus esforços pela liberdade de manifestação seja sempre respeitado e apoiado por todos os povos.
Espero poder estar vizitando o axé em breve, um grande abraço querido amigo e pai, muito asé em ua vida.
Nilsa T'Ogum
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar